Ei, estilosa! Mais uma semana se passa no Projeto Noiva! Essa já é minha segunda semana sem praticar atividades físicas porque fraturei meu pé no Carnaval. Contei tudo aqui ó! Eu podia estar achando incrível, eu podia estar amando. Mas a real é que estou quase matando um. Brincadeiras à parte, estou mega sofrendo por não poder malhar. 🙁 Meu ortopedista pediu dois meses off e já já conto para vocês como estou lidando com isso. Além disso, hoje tem receitinha de suco verde que tomo de manhã, antes do café da manhã. Tem também minha alimentação nessa vida sedentária e sim, tem mais detalhes do casamento! \o/ Estou pensando demais no que contar. Semana passada, falamos sobre ideias de vestidos e alguns detalhes da cerimônia. Hoje, a ideia é falar mais sobre o roteiro e o que nos motivou a fazer essa escolha de destination wedding. Logo no primeiro post do Projeto Noiva, expliquei que não teria festona de casamento, não faz muito meu tipo. Acho lindo noivas que casam numa super cerimônia, mas eu realmente não tenho/nunca tive esse sonho. A ideia era ter um marco na vida que tivesse bem a minha cara e a do noivo. E, definitivamente, não passava por isso o nosso marco de casamento. E que fique muito clara: essa não é uma decisão fácil, especialmente para a família. Sim, o casamento não é só um sonho nosso, é da mãe, da avó, da tia….ainda bem, minha família foi super compreensiva e acho que no final das contas, o bolso do meu pai agradeceu imensamente. rsrs Aperta o play e curte esse post feito com todo o carinho para você:

Como ter um Projeto Noiva e ficar 2 meses sem malhar

Como deve estar bem claro, estou extremamente infeliz de não poder malhar por tanto tempo. Tem uma semana que tirei o gesso e meu progresso para viver a vida melhorou muito! Já estou caminhando quase que perfeitamente e sem dor. Alguma posição ou outra dói, tipo sentar de perna cruzada ou descer escadas. Eu já tinha trancado a academia por 15 dias. Esse trancamento acaba dia 04 de março (essa quarta!) e na quinta, posso voltar para a Runner Academia. Acho super bacana esse benefício da Runner de trancamento. Não precisa de atestado médico ou nada do gênero. Quem tem plano anual tem direito a trancar por 30 dias o plano. Com isso, você continua pagando normalmente, mas você ganha esses dias de volta no fim do plano. Você pode escolher entre trancar por 2x de 15 dias ou uma de 30. Foi um diferencial para mim na hora de escolher a academia, porque muita coisa inesperada pode acontecer em um ano. Até você quebrar o pé com quase 30 anos de idade. =/ Porém apesar da volta, meu não posso fazer nada. Vou voltar na quinta, por livre e expontânea desobediência. Mas que fique bem claro: vou tentar somente aulas leves como abdominais, yoga e pilates, desde que sejam posições que não exijam do tornozelo e, se eu sentir dor, vou parar. Estou morrendo de vontade de pelo menos fazer membros superiores e caminhar na esteira. Mas acho que não devo. Na quinta, vou falar com a minha coach, a Jéssika e ver o que ela sugere. Tenho quase certeza que ela vai falar para eu ficar quieta durante esses meses, mas eu realmente não aguento mais. 🙁 Tem um fator que ajuda essa minha ansiedade: daqui 11 dias entro de férias!!! \o/ Vou passar 15 dias fora da minha rotina e da minha cidade e isso vai ajudar demais a fazer esquecer essa vontade doida de malhar. Estilosa, eu era a maior contra-academia da história. Ia por pura obrigação e agora não vejo a hora de voltar! Pois é, as pessoas mudam.

projeto-noiva

A alimentação e receita de suco verde matinal

Essas semanas sem malhar, estou vendo o quanto alimentação é importante sim e como é a maioria do esforço. A balança diminuiu 1,6kg nessas duas semanas. Deveria estar feliz? Não! Se eu tivesse que apostar, ia achar era que a balança tinha aumentado esse valor ou até mais. Estou sentindo que todo o 1,4kg de massa magra que eu tinha ganhado antes já se foram, que meu corpo não tem memória nenhuma e estou me achando mega flácida, especialmente nas pernas. PS: vou até fazer umas sessões de iLipo agora no começo de março e conto para vocês como vai ser. (Reflitam no tamanho do meu desespero! rsrsrs) Estou mantendo a dieta ao máximo possível, mas assumo que o estar sem malhar complica muito, porque todo e qualquer problema, eu já quero comer errado. Problemas acontecem durante esse período de tempo enquanto o Projeto Noiva e sim, dá vontade de comer todos os problemas e se premiar com comida sim. Não, estilosa, não leva isso à sério! É só o desabafo de quem está há duas semanas sem malhar, sem nenhuma válvula de escape para as questões do dia a dia. Tem algo que tenho feito que tem ajudado demais a manter a barriga mais retinha nesse período sem malhar: suco verde matinal! Todos os dias, antes de tomar café da manhã, faço um suco verde rapidinho. Espero meia hora e como. Ajuda na saciedade e tem limão para ajudar a deixar o corpo bem clean! Quer aprender? É bem fácil:

Ingredientes:
1 limão
1 punhado de hortelã
2 couves
1 pouco de água

Coloque tudo no liquidificador e tome! Eu não costumo coar para não perder os nutrientes. Às vezes, coloco maçã também. O problema é que se sobrar, não fica legal guardar para o dia seguinte, porque a maçã escurece e deixa meio estranho. É tão rapidinho que é melhor fazer todo dia. Ficou quase um #FicaDica Projeto Noiva! hahaha

projeto-noiva

Sobre o roteiro do casamento

Afinal, por que um destination wedding? Esse tipo de casamento nada mais é do que um casamento fora da cidade em que os noivos moram. Optamos por isso por termos famílias em duas cidades diferentes e ainda morar em uma terceira cidade. Tenso, né? Onde fazer? Por que? Quem primeiro? Para não gerar problemas e desconfortos com ninguém, vamos somente casar no civil em Brasília, onde moramos e só parentes muito, muito próximos virão. Em seguida, partimos para a nossa viagem, só nós dois, que vai unir a cerimônia a uma lua de mel. <3 Fofo, né? Como falei no último post do Projeto Noiva, vamos primeiro para Seychelles, onde vai ser a cerimônia. Fechei no hotel que vamos nos hospedar, com tudo completo para não precisar me preocupar com nada. Porém, isso tem um ponto de preocupação: tem maquiagem e dia da beleza, mas estou me jogando, na cara e na coragem, mas não vou ter que lidar com fornecedores! E pode ser que eu não curta. Se isso acontecer, já estou com um plano B para eu mesma me maquiar e ficar lindo! Vou pegar várias dicas de make e fazer uns testes até lá. Um ponto importante é: se o seu destination wedding incluir convidados, é super elegante enviar o save the date com pelo menos 3 meses de antecedência para que todos se organizem ($$$). Se não incluir, como é o meu caso, é algo que vale toda noiva precisa pensar: “Realmente vou ser feliz sem a presença de pessoas queridas nesse momento da minha vida?” Precisa ser algo sincero! Não pergunte isso para o noivo, nem para a sua família, nem para a melhor amiga. É algo seu. Eu, Mariana, percebi que a presença de quem eu faço questão no casamento civil já vai me fazer feliz o suficiente e beijos. Se a ausência de pessoas queridas é uma desvantagem, fotos deslumbrantes em um cenário incrível são grandes vantagens. Além disso, o preço da viagem com casamento para o casal sai muito mais barato do que fazer festona. Para se ter uma ideia, eu cheguei a orçar alguns lugares para casar antes de decidir a viagem. O valor gasto foi o valor de aluguel de um dos lugares, ou de um buffet. Isso muda tudo. Bom e por fim, para onde vamos: Seychelles por 7 dias, depois, mais 7 dias divididos entre fazer um safári na África (com direito a dormir em hotel que fica dentro da própria reserva! Morrendo de medo? Sim, com certeza!!!!) e Cidade do Cabo. Eu gostaria de ir casar em Ilhas Maurício, mas pela data que conseguimos tirar férias, não é tão bacana, já que o clima é mais ameno e não tão bacana. Incluímos mais coisas para fazer além de ir só para Seychelles para não ficar tão monótona a viagem (não que eu ache que isso seja possível! hahahhaha) e vai saber quando teremos a oportunidade de ir para a África novamente, né? Melhor aproveitar!

projeto-noiva

 

Acho que vale um post sobre o hotel que vamos ficar em cada cidade, né? De forma mais detalhada e em um post não tão gigante. O que você achou, estilosa? Comenta aqui! Me ajuda demais a colocar coisas aqui no blog sobre o Projeto Noiva que você curta cada dia mais! 😉

 

0