perder-peso-blog-fitness-brasilia

O que conta pra perder peso (não são calorias)

por | jul 3, 2016 | Todos os posts

Você quer perder peso e a primeira coisa que faz é…

…contar calorias. Você anda se vendo contando calorias, apegada aos números e, mesmo assim, não está vendo resultados? O problema pode não estar na quantidade, mas no tipo de calorias. A personal trainer e coach de nutrição Carrie McMahon, autora do e-book Why You Should count Macronutrients, Not Calories (Porque Você Deveria Contar Macronutrientes, Não Calorias) dá dicas para quem quer perder peso.

Focada em contar calorias e em muitos dias do lixo (isso te lembra alguma coisa?), Carrie se viu em ciclo vicioso do qual ela não conseguia sair. Ela se deu conta de que para ter uma mudança significativa na sua saúde, ela tinha que mudar sua atitude em relação à comida. Então ela deixou de lado a contagem das calorias e trocou por um conceito menos disseminado: contar macronutrientes!

perder-peso-blog-fitness-brasilia

Descubra os Segredos Para Perder Peso e Não Se Preocupar Mais Com a Balança

“Os macronutrientes são o que compõem o conteúdo calórico da comida”, diz ela. Também chamados de “macros”, as três categorias de macronutrientes são carboidratos, gorduras e proteína. A combinação calórica dos três macros é a origem daquela misteriosa conta de calorias. A divisão é mais ou menos assim:

  • 1g de carboidratos = 4 calorias
  • 1g de gordura = 9 calorias
  • 1g de proteína = 4 calorias

Então não se trata de quantas calorias tem na sua refeição, mas que tipo de calorias para perder peso. Mesmo que você estabeleça um limite restrito e se mantenha fiel a ele, você pode estar comendo um monte de lixo, sem receber os nutrientes que você precisa. A própria Carrie lembra que, na época em que ela contava calorias, ela comia “barrinhas de cereal e refeições sem gordura etc.. o dia todo”. O resultado? Ela conta que se sentia péssima.

Bom, mas quais são os benefícios de abandonar o famigerado contar calorias sempre que se fala em perder peso? Para as iniciantes, você pode se presentar com um pouco menos de culpa. “Permita-se comer aquelas coisas gostosas!”, diz Carrie. “Encaixe elas dentro dos seus macros permitidos. Não fique só nos alimentos restritos e repetitivos, ou você vai pirar. E aí, recaídas!” Quando você está em uma dieta balanceada, “os desejos diminuem porque você não está com deficiência de nenhum nutriente. Esse equilíbrio vai te dar mais energia, você vai treinar melhor e ter melhores resultados”. Quer se sentir melhor, trabalhar melhor, diminuir os desejos por aquela gordice e cuidar mais de você? Vem com a gente!

Pronta para começar? Descubra ou decida se você que acelerar seu metabolismo, perder gordura ou ganhar massa magra. A Carrie recomenda as seguintes porções diárias para os seus pacientes que estão começando o programa nutricional:

  • Acelerar o metabolismo e/ou ganhar massa magra: 40% de proteína, 35% de carboidratos e 25% de gordura;
  • Perder gordura: 45% de proteína, 35% de carboidratos e 20% de gordura.

Como essas contas podem ser difíceis, existem apps para contagem de macronutrientes que podem te ajudar. Assim você pode ver se está batendo suas metas e alcançar o estilo de vida saudável que você procura! Um deles é o MyFitnessPal .

Se você ainda não acompanha o Diário da Dieta do Blog Vida Leve, sua chance está bem aqui nesse link! 😉

0