ansiedade na quarentena

Ansiedade na quarentena: o café ajuda ou atrapalha?

Vou entregar logo de cara: o café atrapalha e muito a nossa ansiedade na quarentena.

Assim como álcool e nicotina, a cafeína tem um link muito forte com a nossa ansiedade. Essas três substâncias alteram nosso humor e têm uma outra coisa em comum: a gente tende a correr atrás delas para mudar a forma como a gente está se sentindo.

“Tô cansada! Preciso de um café!” ou “Tive um dia difícil no trabalho. Vamos beber pra esquecer” ou o famoso “Eu bebo porque a vida me obriga.”

Só que todos eles, da mesma forma que te jogam pra cima, também te enfiam no chão de novo, com muita força. E no final das contas, a gente acaba se sentindo pior do que antes. Eu já tomei diversas xícaras de café para tentar me manter no gás para trabalhar e depois, quando fui ver, parecia que um caminhão tinha me atropelado.

Apesar de legalizado, o café é uma droga estimulante. Ele aumenta os batimentos do coração, a pressão sanguínea, a temperatura do corpo, o açúcar no sangue e ainda tem um efeito diurético. E assim como outras drogas, o corpo vai criando tolerância e a gente precisa de cada vez mais para sentir aquela motivação extra.

Existem inúmeros estudos que conectam a ansiedade com o grande consumo de cafeína. A gente fica com aquele sentimento de não conseguir descansar, tremores, um pouco de náusea…e isso depende de pessoa para pessoa. Tem gente mais sensível e gente que sente menos. E isso interfere quando a gente se propõe a parar com o café. De uma das vezes que fiz isso, tive uma enxaqueca tão grande que os meus olhos lacrimejavam para piscar. Foi horrível.

MUITAS VEZES, DEIXAR O CAFÉ É A ÚNICA COISA QUE MUITA GENTE PRECISA PARA SE SENTIR MENOS ANSIOSA.
Além do café, a cafeína também está presente em bebidas energéticas, em diversos refrigerantes, no chá preto, no guaraná, no pré-treino, no cacau, no chocolate e em menor quantidade até nos chás verde e branco.

Fica calma, O CAFÉ NÃO É SÓ RUIM.
Ele tem diversas coisas boas. É um poderoso antioxidante, aumenta nossa energia e pode ajudar a retardar o Alzheimer. Mas peixes gordurosos (como salmão ou até suplementos de Omega3 e ter uma alimentação rica em frutas e vegetais tem os mesmos benefícios sem os efeitos colaterais da cafeína.

MAS ENTÃO, O QUE TOMAR NO LUGAR?
Algo que estou fã é beber chás de ervas. Eu sinto falta do papel que o café fazia de ser aquela bebida que faz um carinho quentinho no corpo. Estou no chás e sem me preocupar em parar 100%. Diminuir as xícaras ao longo do dia é um excelente caminho. Eu me dei o limite de 14h para tomar o último cafezinho do dia para evitar que ele atrapalhe no meu sono. Vou deixar meus chás favoritos bem aqui:


 
*Importante:
Este texto foi produzido com base no estudo “The Anti-Anxiety Food Solution”, Trudy Scott.
Os links dos chás acima são da Amazon. Se você comprar por este link, eu ganho uma comissãozinha.
0
Post criado 309

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo